6 fatores decisivos na escolha do seu colchão

6 fatores decisivos na escolha do seu colchão

No momento de escolher um novo colchão, importante levar em consideração alguns fatores que podem ser decivos para o sucesso da compra. Listamos abaixo alguns critérios a serem avaliados durante a seleção do produto, para orientação de possíveis compradores.

1. O futuro usuário do colchão tem algum problema de saúde? Se a resposta for positiva, importante receber orientações do profissional que trata ou detém mais conhecimento sobre a enfermidade. Antes de ir à loja, questionar se o colchão poderá influenciar de alguma maneira no tratamento.

2. Biotipo do(s) usuário(s). Colchões de espuma são classificados por densidade e a seleção apropriada depende da combinação de altura e peso. Colchões de molas têm grande variedade, de acordo com o molejo adotado e o grau de firmeza. A escolha da constituição e características do colchão de molas depende também do biotipo. Em se tratando de casal, atenção a diferenças consideráveis de massa corporal. Adquirir colchão com densidade inferior à indicada para obter mais maciez não é uma opção interessante.

3. Clima e sensibilidade à temperatura ambiente. O conforto interfere na qualidade do sono e a temperatura do local de descanso pode ser determinante. Há pessoas mais propensas a serem afetadas pelo calor ou frio ou grandes variações nas condições climáticas. Antes de adquirir o colchão, deve considerar quais os modelos mais ou menos arejados e como o futuro usuário se comporta com relação à temperatura. Há tipos de colchões cuja constituição e revestimento permitem maior ou menor circulação de ar, possibilitam mais ou menos troca de calor, portanto, adequam-se às exigências do comprador.

4. Usuário é propenso a alergias? O colchão é um lugar de acúmulo de ácaros e outros microorganismos causadores de alergias. A adoção de alguns cuidados de limpeza é fundamental, mas a escolha do produto também pode ser determinante para a boa saúde do futuro usuário. Há modelos de colchões constituídos inteiramente por materiais hipoalergênicos e outros contam com revestimentos e forrações especiais que minimizam o acúmulo dos alérgenos.

5. Altura do(s) usuário(s). Parece repetitivo, haja vista termos falado do biotipo, mas a questão aqui é especificamente a relação entre a altura e o comprimento do colchão, não a densidade. Ideal que o colchão seja, no mínimo, 15 centímetros mais comprido que a pessoa de maior estatura a utilizá-lo.

6. Hábitos e comportamentos dos usuários. Há colchões constituídos de tal maneira que os movimentos de um membro do casal não interferem no sono do parceiro. As dimensões do produto também podem contribuir para essa individualidade. Antes de concluir a compra, avalie questões como: algum dos membros do casal é muito inquieto; há grandes diferenças de massa corporal; hábitos noturnos ou horários de sono não são sincronizados.

Ao chegar à loja, lembre-se das orientações acima e converse com o vendedor sobre as características de cada produto que chamar sua atenção. Encontrando um colchão que pareça mais adequado, deite-se e experimente por alguns instantes. Se você gostou do colchão que experimentou e as especificações são apropriadas, fique seguro para efetuar a compra, pois o processo de seleção foi o melhor possível.

Quer uma ajuda no assunto? Fale com um dos nossos vendedores.

Encontre uma loja mais perto de você: www.colchoescenter.com.br ou entre em contato pelo nosso WhatsApp 47 99201-1551 para lojas e 47 99918-8710 para assuntos relacionados ao site.

Compartilhe esse post